terça-feira, 22 de março de 2011

Vale á pena conhecer além de teclar...




É bom ter amigo virtual… Trocar mensagens quase todos os dias, bater-papo no MSN, sem contar os encontros em varias comunidades aonde vai um, vai o outro. É tão bom dizer eu tenho muito, mas muito amigos virtuais e quanto mais eu tenho mais eu quero ter... Alguns amigos virtuais freqüentam os mesmos sítios virtuais e gostam das mesmas coisas.

Quando um enche a caixa de e-mail do outro com mensagens maçantes ou asneiras, até pode levar um delete, pois ninguém vê e nem se ofende. As mensagens estão sempre cheias de kkk, hahahahaha, rssss, kakaka e emoticons. Alguma mensagem vem em CC, outras em CCo a última sempre é aconselhável… Se uma pessoa for tímida ou fechada, no virtual a timidez desaparece,fica muito diferente de quando estão com amigos reais.

Quando escolhemos um amigo virtual ele não fica nada a dever aos amigos reais, a única diferença é que eles estão distantes e acredite ou não, amigos virtuais têm os mesmos sintomas dos amigos reais.
Tem amigos reais que estão presentes e lhe ignoram? Tem amigos virtuais que também faz isso, nem sempre eles respondem as nossas mensagens sem contar que também te bloqueiam... Amigos reais, magoam, desapontam? Amigos virtualmente escolhidos também fazem o mesmo…

Será realmente fácil ser amigo virtual? Uma outra diferença entre o real e o virtual... O amigo virtual tem como fugir de você, já o real é mais difícil, o amigo virtual pode se esconder atrás de um fake, ás vezes um fake sem imperfeições…

O amigo real pode falar coisas que não queremos ouvir. E quem disse que um amigo virtual não faz o mesmo? O amigo real pode nos magoar, porque pisamos na bola, e você acha que o amigo virtual não pode fazer o mesmo?

A convivência com amigo real ou o contato com aquele amigo virtualmente escolhido também tem conflitos, certezas e incertezas, amor e ódio, tão volúveis quanto intensos. Mas a diferença é que o amigo real sempre estará lá. O amigo real sempre desembucha o que sente e pensa, não tem tempo para elaborar a mensagem e salvar em rascunho, ele sai com cobras e lagartos, beijos e mordidas tudo sai no ato...

Alguns amigos virtuais fazem o mesmo, algumas vezes não aparecem ou exclui o amigo de sua lista e outras vezes agem como agiria com amigo real pedindo desculpas pelas duras palavras e pela pisada de bola. Porém com o amigo real somos perdoados no ato o que nem sempre acontece na amizade virtual.

O amigo real acorda de mau humor e às vezes não sabe nem por que, mas não quer papo naquele dia, está mais sensível, (vulgo um porre), mas você sabe que todo mundo tem seu dia ruim e ele espera que você entenda. O mesmo aconteça com aquele amigo virtual, a diferença que ele não aparece ou não se mostra.

O amigo real pode até não concordar com o seu ponto de vista, mas vai continuar por lá, esperando uma chance para fazer você rever seus conceitos e quem sabe mudar, pois só quem fica parado é poste! Alguns amigos virtuais fazem isso outros não.

Mas ainda nada melhor do que ter um amigo real, ele muda de idéia, tem cheiro, tem raiva... É muito bom ser amigo real e ter amigos reais… O querelado é mais intenso, por vezes sofrido, menos idealizado, com imperfeições e incertezas, mas é real. Fantasiar, idealizar o amigo virtual pode ser bom, mas não alimenta uma amizade de verdade.

Já prometi várias vezes em marcar um encontro com um amigo virtualmente escolhido, mas não deu certo. Talvez, ainda não seja momento... Por um outro lado, fico pensando que agora que a nossa amizade está estremecida ele tenha medo de ser meu amigo no real. Quem é que não teria? Quantos de nós estamos preparados para uma amizade real?

Talvez seja mais fácil mesmo ficar somente nas mensagens, se escondendo dos monstros que podem aparecer nas noites escuras e ficar com aqueles amigos que enfrentam juntos os dilemas; que já viram os seus monstros recíprocos nas noites escuras, mas ainda estão por perto, que não desistiram da nossa amizade.

Amigos reais e virtuais também erram amigo que é amigo, seja no virtual ou real também fala o que a gente não quer ouvir amigo real ou virtual também fica chato, ambos desapontam tem outros amigos, mas ainda assim é muito bom ser e ter amigo real... Porque ninguém é perfeito.
Mesmo o amigo virtual tem seus dias off-line. Vale á pena conhecer além de teclar, se relacionar e superar as desigualdades, os maus entendidos, a dor ou a tristeza que provocamos? Sim vale á pena...

Dê uma chance para o seu amigo virtual para que ele veja que esse amigo virtual existe que é gente de verdade, dar as mãos... Mostrar que também erra e acerta como todos nós... Saía da tela virtual e vá ao encontro do real mesmo sabendo que ele pode temer o escuro lá fora, mostrar em outra tela que tem alguém, que existe de carne e osso, sentir o seu cheiro mostrar que também tem imperfeições e que pode estar se sentindo sozinho e que tem medo como você.

07/03/11

Um amigo Virtual e um desejos (conto)



Ontem perdi alguém e ninguém pode imaginar como estou me sentindo. Não... Eu não perdi esse alguém para a morte. Ele está muito bem graças a Deus. Perdi alguém por querer ter o sol aquecendo-me mais de perto. Sempre acreditei e coloquei fé em suas palavras, em cada gesto carinhoso no seu falar. Quando estive no fundo do poço as suas palavras ajudaram a reerguer-me. Ele jamais pode mensurar o peso das palavras transmitidas e o efeito que causou em mim na época.

O tempo passou e quando a gente pensa que aquela amizade virtualmente escolhida a dedo criou raízes profundas a ponto de sentir-se a vontade de revelar os nossos desejos mais íntimos, compartilhar nossos sonhos e o desejo por ele vem amarga incompreensão. Na verdade deve ter sido a minha incompreensão ou falta de não entender que ele ainda ama outra pessoa. Ou talvez, ele não tenha me entendido mesmo.

Porém não me sinto culpada... Não... Eu não me apaixonei, ele não me deu a oportunidade para sentir tal sentimento, mas me senti atraída por ele mesmo sem jamais tê-lo visto pessoalmente, somente por fotos. Eu o desejei sim, me encantei com seu interior. Tive o desejo enorme de estar mais perto, querer conhecê-lo mais, tocá-lo, sentir seu cheiro ter a chance de me sentir feliz de estar perto de quem eu queria. Queria vê-lo feliz em minha companhia, uma chance de deixar acontecer e se rolasse qualquer algo mais... Curtir o momento.

Estar ao lado de quem amenizou tantas vezes a minha alma doente e arrasada. Ele que tantas vezes transformou todas minhas lágrimas em sorrisos; que não me via, mas sabia e sentia minha dor. O meu sentimento por ele se transformou mais do que gratidão, mas numa forte atração que jamais havia sentido antes por ele... Faltava tão pouco para gente se conhecer no real e agora...

Mesmo eu tendo entendido após ter explicado seus motivos, não aceitou o meu ponto de vista sobre o obstáculo que ele estava colocando. Achou que estava forçando algo que ele não queria achou que eu queria mudá-lo... Pobre de mim quem sou eu para mudar alguém... Mas pode ser que sem eu perceber deva ter dado essa impressão depois que reli as nossas conversas no MSN.

Não percebi que ele fugia do assunto, e eu persistentemente continuava. Por toda essa minha falta de atenção, infelizmente minha declaração a ele não foi bem recebida não imaginava que isso poderia afetá-lo tanto... O que foi incompreensível pra mim foi à mudança repentina, pois mesmo depois de dizer o que eu sentia tudo ficou normal entre nós e de repente ele se distanciou, como se alguém tivesse dito algo a ele ou que ele veio saber de algo, pois tínhamos um contato comum tanto no virtual como no real, agora mais amigo dele do que meu, pois esse contato já havia saído das minhas listas de contatos algum tempo, nem mesmo amizade no real já não tinha mais.

Surpreendi-me, o choque foi grande, meu coração ficou em pedaços e o céu no mesmo dia também se fechou como se estivesse sendo solidário com minha dor e chorou comigo... Chorei muito, perdi noites de sono porque mesmo que tentasse dormir o sono não vinha, escrevi muito, varei noites escrevendo, para passar logo o que estava sentido... Ainda continuo triste. Eu o tirei das minhas listas de contato e coloquei novamente, mas não me aceitou de volta, o tirei das páginas de relacionamento com muita dor, pois não agüentaria ficar o vendo por lá sem poder escrever uma única palavra para ele, mas mesmo assim eu o quis de volta... Mas penso que não vai mais me aceitar.

Precisava falar com alguém que pudesse me orientar nessa hora tão difícil e a pessoa que escolhi acalmou meu coração, me fez ver tantas coisas que até naquele momento não havia visto. Agora eu posso compreender um pouco mais... Dentre tantas coisas existe também o medo, o medo que impede qualquer pessoa a reagir de forma contrária a uma situação dessas. O medo de se entregar, de se apaixonar, de amar e novamente e se machucar... O melhor mesmo era fugir. Porém fico pensando, será que temos que ficar sempre com medo, fugir de qualquer sentimento que possa acontecer? Se não for comigo acontecerá com outra pessoa.

Sou uma pessoa que me entrego a verdade dos meus sentimentos uso sempre de honestidade para com as pessoas, não fujo dos meus sentimentos, declaro o que sinto acreditando que as pessoas são como eu. Ele foi honesto comigo e isso fez com que eu o admirasse mais, mas fugiu para não me explicar o que de fato fez com ele se afastasse de mim, porém cada um é cada um e por causa dessas coisas acabo caindo no sofrimento.

Preciso aprender idealizar menos, fantasiar menos, sonhar menos. Não alimento esperanças, mas nada me impede de sonhar por dias melhores para que nos dois viva uma amizade verdadeira ainda nesta vida. Sei que os nossos destinos a Deus pertencem, ninguém mais sabe o que é bom ou ruim pra gente. Eu penso que Deus sabe e sempre saberá o momento certo de tocar o coração de alguém, seja para reverter uma situação ou deixá-la como esta. Essas são as lições que a vida ensina. O que importa agora é seguir em frente e deixar o tempo apaziguar esse meu coração mole e esperar que o sol brilhe novamente dentro dele.

10/03/11

Afirmações de luz.wmv ( VÍDEOS)

o mar 0005

No meio da Noite.avi

Você brilha ao Longe

ARTIGOS

A autora do mini conto a "Velha Rabugenta" é Isabel Lenine Calegaro http://mundodaisa.fashionblog.com.br/46944/A-velha-rabugenta/?nextmonth=1&month=06&year=2010

A Verdadeira autora da crônica - Encerrando Ciclos

Dessa vez quem vos escreve não sou eu, é a jornalista colombiana Sonia Hurtado (brigas autorais à parte), com Paulo Coelho. O texto fala de fases e de como devemos aprender a aceitar que elas passam. Fala de um sentimento, o de perda, que todos nós temos, mas que ainda não aprendemos a lidar com ele.


Encerrando Ciclos
Sonia Hurtado

Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final.
Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo
necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras
etapas que precisamos viver.
Encerrando ciclos, fechando portas, terminando
capítulos - não importa o nome que damos,
o que importa é deixar no passado os momentos
da vida que já se acabaram.

Foi despedido do trabalho?
Terminou uma relação?
Deixou a casa dos pais?
Partiu para viver em outro país?
A amizade tão longamente cultivada
desapareceu sem explicações?

Você pode passar muito tempo se
perguntando por que isso aconteceu.
Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo
enquanto não entender as razões que levaram certas
coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua
vida, serem subitamente transformadas em pó.
Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos:
seus pais, seu marido ou sua esposa, seus amigos,
seus filhos, sua irmã, todos estarão encerrando
capítulos, virando a folha, seguindo adiante,
e todos sofrerão ao ver que você está parado.

Ninguém pode estar ao mesmo tempo no
presente e no passado, nem mesmo quando
tentamos entender as coisas que acontecem conosco.
O que passou não voltará: não podemos ser
eternamente meninos, adolescentes tardios,
filhos que se sentem culpados ou rancorosos
com os pais, amantes que revivem noite e dia
uma ligação com quem já foi embora e não
tem a menor intenção de voltar.

As coisas passam, e o melhor que fazemos
é deixar que elas realmente possam ir embora.
Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!)
destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas
para orfanatos, vender ou doar os livros que tem.
Tudo neste mundo visível é uma manifestação
do mundo invisível, do que está acontecendo
em nosso coração - e o desfazer-se de certas
lembranças significa também abrir espaço
para que outras tomem o seu lugar.

Deixar ir embora.
Soltar.
Desprender-se.

Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas,
portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos.
Não espere que devolvam algo, não espere que
reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio,
que entendam seu amor.
Pare de ligar sua televisão emocional e assistir
sempre ao mesmo programa, que mostra como
você sofreu com determinada perda: isso o estará
apenas envenenando, e nada mais.

Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos
que não são aceitos, promessas de emprego que não
têm data marcada para começar, decisões que
sempre são adiadas em nome do “momento ideal”.
Antes de começar um capítulo novo, é preciso
terminar o antigo: diga a si mesmo que o que
passou, jamais voltará.

Lembre-se de que houve uma época em que podia
viver sem aquilo, sem aquela pessoa - nada é
insubstituível, um hábito não é uma necessidade.
Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil,
mas é muito importante.
Encerrando ciclos.
Não por causa do orgulho,
por incapacidade, ou por soberba,
mas porque simplesmente aquilo
já não se encaixa mais na sua vida.
Feche a porta, mude o disco,
limpe a casa, sacuda a poeira.
Deixe de ser quem era,
e se transforme em quem é.

(Autor: Paulo Coelho já admitiu no prefácio de um dos seus livros que não é dele a autoria Encerrando Ciclos)

A verdadeira autora do poema:“Preciso De Alguém"



“Preciso De Alguém"
Cristiana Passinato

Que me olhe nos olhos quando falo.
Que ouça as minhas tristezas e neuroses
com paciência.

E, ainda que não compreenda,
respeite os meus sentimentos.

Preciso de alguém, que venha brigar
ao meu lado sem precisar ser convocado;
alguém Amigo o suficiente para dizer-me
às verdades que não quero ouvir, mesmo
sabendo que posso odiá-lo por isso.

Nesse mundo de céticos, preciso de
alguém que creia, nessa coisa misteriosa,
desacreditada, quase impossível: A Amizade.

Que teime em ser leal, simples e justo, que
não vá embora se algum dia eu perder o
meu ouro e não for mais a sensação da festa.

Preciso de um Amigo que receba com gratidão
o meu auxílio, a minha mão estendida.
Mesmo que isto seja muito pouco para
suas necessidades.

Preciso de um Amigo que também seja
companheiro, nas farras e pescarias,
nas guerras e alegrias, e que no meio
da tempestade, grite em coro comigo:

“Nós ainda vamos rir muito disso tudo"
e ria muito.

Não pude escolher aqueles que me
trouxeram ao mundo, mas posso
escolher meu Amigo.

E nessa busca empenho a minha
própria alma, pois com uma Amizade
Verdadeira, a vida se torna mais simples,
mais rica e mais bela.
**********

Esta poesia, de autoria de Cristiana Passinato, circula na WEB como sendo de autoria de Charles Chaplin, estou postando aqui apenas uma parte de sua biografia, sendo assim, penso que é de máxima importância que todos nós em conjunto possamos fazer com que os direitos autorais sejam respeitados e reconhecidos.


Biografia.

Bem, sou muito nova para dizer que possuo uma biografia, mas como todo "escritor" tem, por que não fazer a minha, não é mesmo? Como poderia começar a falar dessa minha pequena e turbulenta vidinha e principalmente minha influência para a inclinação da literatura e da poesia propriamente dita?

Até porque, eu escolhi uma área de estudo, trabalho, formação profissional, acadêmica, mesmo que trabalhando e estudando mais pesquisas e educação, de qualquer forma os modelos de minha área são abstratos e matemáticos envolvendo muita tecnologia, desenvolvimento e ciência além de sermos técnicos para escrever qualquer coisa.

Emitimos tantos laudos, certificados, relatórios, formulários que passamos a esquecer como se escreveriam algumas palavras e escreve com estilo, enfim como fazemos o uso da palavra, por exemplo, em literatura.

Ao contrário do que ocorre na área de educação que por sua vez desenvolvemos mais esse lado do pensar e desestruturar nossos preconceitos e rótulos e desenvolvemos mais uma forma de pensar, pois teremos que formar profissionais muitas vezes, desmistificar uma matéria de atuação na maioria das coisas do cotidiano e nos vemos obrigados a executar a falada contextualização, para isso é preciso: filosofar, socializar, colocar-se em posição do outro, desenvolver uma postura perante um público, alunado, educandos, clientela, enfim, diante do que detém menos conhecimento que você.

Estou falando de decodificar uma linguagem quase que incompreensível e às vezes rejeitada que deveria ser mais bem compreendida desde o berçário e não somente no nível médio, em doses homeopáticas e em uma linguagem bem mais simplificada para sua mais facilitada compreensão que é o das reações químicas em quaisquer ambientes onde elas estejam.

Com essa missão o licenciando em química se vê tendo que emitir suas opiniões e discutir em sala de aula, em congressos, em sua própria sala de aula com seus alunos em seus estágios, como em um laboratório onde testamos e experimentamos todos os teóricos pragmatismos do tópico abordado.

Aliás em falar em abordagem, há ainda que se escrever trabalhos científicos e monografias, mesmo que em sua concepção sejam somente pura e simplesmente concebidas através de uma simples pesquisa bibliográfica e sua apresentação frente a uma banca examinadora de um seminário resumido em tópicos através de projeção de transparências ou mesmo de pps com auxilio de retroprojeção ou data shows fazem com que criemos uma maturidade na técnica do transmitir uma mensagem que resuma a idéia global do que queiramos ensinar, transmitir, enfim comunicar.


Isso me ajudou, mas muitos de meus colegas apontavam a minha maior facilidade em fazer isso, destacando-me diante meus colegas nesses tipos de atividades desde meu primário, inclusive alvo de apontamentos de amiguinhos mais negativos, pela riqueza de detalhes e vocabulário, facilidade de expressão oral e escrita, zombavam muitas vezes no primário, ginásio e segundo graus, pois adoro estudar e isso está cada dia mais escasso no meio do alunado até o nível superior. No nível superior e técnico, passei a ser mais admirada contraindo o ônus de tudo cair nas minhas costas.

Certa vez, meus colegas conseguiram uma prova de Química Geral para três turmas iguais, tive que fazer antes a prova e xerocar de forma reduzida para todos das três turmas e combinamos de errar questões diferentes, isso no nível técnico, como já possuía boa base e estava no primeiro ano de faculdade gabaritei como sempre acontecia no Anglo Americano à prova, mas tive que errar uma questão e ver todos fazendo aquilo para poder estar mais socializada e compactuando com a turma em qualquer empreitada.

Foi assim que os problemas de relação se foram. Eu era introvertida, estudiosa, falava bonito, mas em contrapartida eu era a "gente boa" do pedaço, sabe?

A minha relação com o mundo sempre foi desde muito pequena clara e meu prisma também de que o mundo quereria sempre algo de mim, então eu tinha que tentar "comprá-lo" com coisas e idéias, pelo menos que "vendessem" a imagem de boa menina, politicamente correta, mas nem tanto, seria facilmente "corruptível" a um bom agradinho, ou seja, se eu dou algo eu teria imediatamente em troca outra. Não estava errada, de fato, o mundo é assim, mas não no que diz respeito a sentimentos e no âmbito sentimental.

Outro aspecto já bem claro em mim desde nova seria a experimentação, para mim a práxis da vida seria empírica, seria um grande laboratório, então eu experimentava como todo cientista em duplicatas, triplicatas e um tal de não deu certo e vamos tentar de novo, que não tem como alguém agüentar.

Achava que as pessoas tinham que gostar de mim como eu gostava delas e ainda por cima sempre fui de uma ingenuidade irritante, hoje, re-avaliando reparo o quanto eu era permissiva às "mentirinhas" e ciladas da minha forma de acreditar em tudo que todos diziam. Chegava a ser ridículo e dar nos nervos de pessoas em quem eu confiava e conquistava verdadeira amizade e alertavam-me sobre esse tipo de prática.

Assim fui crescendo e vivendo, vê-se que ainda hoje, mais no passado pior, sofria e sofro muito pelas pessoas que amei com elas ludibriando-me. Não que eu seja a coitada do mundo, mas porque permiti ser enganada e passada para trás em alguns aspectos e fases de minha vida.

Por essa e outras que eu enfiava a cara nos estudos e nas horas vagas, gostava muito de desenhar (sem ter muito talento para coisa, mas...) e quando pude escrever aos sete anos logo comecei a escrever coisinhas para meus pais, para as pessoas com quem nós trabalhávamos em nossa casa e nos ambientes onde vivia, também usava figuras onomatopaicas ou mesmo minimalismo, personificando coisas ou fazendo bichos falarem e escrevia.

Logo me destaquei por escrever boas redações e ter bom vocabulário, pois lia e estudava bastante. Na escola, minhas notas eram bem legais e minhas professoras adoravam o que escrevia, só se preocupavam com meu isolamento e o meu distanciamento dos meus colegas e as constantes implicâncias dos meus coleguinhas para comigo, mas eu continuava e escondia em casa, pois nunca incentivo para muita coisa, não era tida como talentosa para coisa alguma, assim, em minha infantil cabecinha, meus pais e meu irmão, bem como outros familiares e pessoas com quem nós convivemos iriam me taxar logo de estranha ou mesmo achar ridículo o que seria mais um motivo de chacota.

Aos doze anos isso não foi mais possível, pois foi o tempo em que tive necessidade de pedir a uma professora de redação ajuda para a revisão de uns textos guardados e ela sem eu saber, levaria três de meus textos para o concurso de poesia do colégio, onde um delas seria escolhida e eu teria que declamá-la em uma noite de sarau poético. Morri de vergonha, mas enfrentei e fui.

Mais detalhes da biografia acesse:
http://www.casadobruxo.com.br/poesia/c/crisbio.htm


Mário Quintana não é o autor de "Deficiências"Esse é um alerta para todos. Devido á um poema que foi postado e retirado por mim do meu Blog com o título "Deficiências" e tendo como autor Mario Quintana, no qual recebi uma a mensagem da poeta e professora de literatura (Elisabete - http://blueeyes4.blogspot.com), me informando que o título acima citado não pertence ao autor assim como também que há outros textos que não são do mesmo.
Então resolvi colocá-lo aqui para que todos possam ler. A intenção não é convencer absolutamente ninguém, mas conscientizar o que é certo. Ter dúvidas todos nós temos, eu mesma tive.
Fiz pesquisas virtuais sobre o autor e de fato não encontrei nenhum escrito dele com esse título.Muitas vezes deixamos louvar um autor com belíssimas mensagens e poemas por falta de informação. Abaixo se encontra a mensagem da professora com o texto Emílio Ribeiro.
*******************
Um dia... Apareceu um ótimo texto do Emílio Ribeiro, postado numa comunidade sobre Mário Quintana e que eu achei legal divulgar, a fim de Alertar os amigos poetas sobre a multidão de textos que Não São do Quintana A que proliferam na Net, alguns postados (ironia!)Para "homenagear" o poetinha pelo seu centenário... Abaixo, o texto do Emílio:
******************* "
Um dia descobrimos que os poemas que pensávamos que eram do Quintana não eram do Quintana. Um dia percebemos que há pessoas teimosas que preferem continuar na ilusão dos textos falsos. Um dia aprenderemos que Quintana era um poeta que raramente falava de amor e nunca dava longos conselhos ou lições de vida sobre relacionamentos.
Um dia percebemos que não adianta avisar nem colocar, alerta nas comunidades... A maioria nem lê. Um dia saberemos a importância da frase:" A melhor forma de conhecer a obra de um autor é lendo seus livros”.Um dia percebemos que todos os textos que recebemos por e-mail como sendo de Quintana ou Veríssimo eram de outros autores. - (Aqui o Emílio exagerou... acho que quase todos) Enfim...

Um dia descobrimos que, apesar de viver 100 anos, esse tempo todo não é suficiente para convencer as pessoas de que estão elogiando os textos errados. O jeito é: ou nos conformamos com a falta de conhecimento e de atenção dos outros ou lutamos para divulgar a obra do verdadeiro Quintana. (minha opção!)Quem não compreende algo tão simples quanto o fato de um texto recebido por e-mail ou lido em blog não ser confiável tampouco compreenderá uma longa explicação".
***********************
Abaixo, uma lista de textos que NÃO SÃO do Quintana (também elaborada pelo jornalista Emílio Ribeiro e que eu corroboro):"Felicidade Realista - (quase toda a net diz que é dele) é de Martha Medeiros "Promessas De Casamento" - (também quase todo mundo pensa que é dele) também é de Martha Medeiros "Sermão de Casamentos" - ou "Casamento na igreja" - também de Martha Medeiros - "Sentir-se Amado" - Também de Martha Medeiros - "A Impontualidade Do Aamor" - Outra vez, de Martha Medeiros .Não Quero que morram de amor por mim e /ou "Certezas" (Título Original) é da autoria de Adriana Britto - "A idade ser feliz" é que de Geraldo Eustáquio de Souza "Como Tempo" ou, A FRASE - "Correr Aatrás das Borboletas" é de D. Elhers e o poema, provavelmente, é de Kátia Cruz (não é certo) ."Recomeçar" - "(ou... Um dia descobrimos que beijar uma pessoas para esquecer outra é bobagem...)" - é uma compilação de várias frases de autores famosos, como Exupéry e finaliza com um ditado árabe, traduzido para o inglês,"Quem Nunca Entedeu Um Olhar, Jamais Entenderá Uuma Longa Explicação" - Quintana JAMAIS se apropriaria de textos alheios. "O Amor É Síntese" - a autora é Mirthes Matias"Deficiências" -(deficiente é aquele que não consegue modificar a sua vida) é dA professora de nome Renata Vilella (http://www.floramarela.com.br/pag.asp?id=4&sub=8).
No entanto, só por não estar no seu livro, "Obras completas" (que, como o nome diz, é um volume com TODAS as obras dele), garanto que pode ser de quem for, MENOS dele. Algo sobre "O amor" e "Amadurecimento" - Infelizmente, desconhece quem são os autores, mas sabe-se que NÃO SÃO de Quintana, simplesmente porque não estão na suas “Obras Completas", lançado há pouco tempo (R$ 170,00), volume único, com TODA a sua obra.
**************
Como é que eu sei que todos esses textos não são dele, apesar de não saber a autoria de alguns? Porque sou professora de literatura e porque PESQUISO sobre tudo o que é do QUINTANA, e porque luto pelos direitos autorais, sempre!
A lista acima também é de Emílio Ribeiro e eu fui conferir UM A UM os textos, porque, nem mesmo o Emílio que faz um trabalho sério, ninguém tem obrigação de confiar. Esta é a MINHA HOMENAGEM ao meu poeta preferido: tentar, a todo custo, desmascarar a obra que não é dele, a fim de que a sua verdadeira obra possa ser, a cada dia, mais conhecida e valorizada! Carinho meu a todos os amados irmãos poetasLis

CARTA

Minha carta- Amor... E a verdadeira amizade



Sinceramente o meu coração se encheu de alegria em saber que se importou com a minha outra carta. Obrigada pela sua consideração e carinho. E é por isso que estou lhe mandando essa outra.

Na outra falava de sua ausência e do meu amor por você. Mas, agora não falo mais de ausência, nem de tristeza, nem de mágoa. Quero apenas falar de coisas boas e alegres porque você é toda alegria, um menino que esqueceu de crescer apesar de tantas turbulências que tem passado.

Mas todas as coisas são feitas mesmo para gente crescer, para aprendermos a ter mais responsabilidade, sinto-me orgulhosa, por saber que você está lutando pela sua paz e por sua independência.

Hoje talvez tuas lágrimas, tuas tristezas e mágoas são por outros motivos, a desesperança que havia de um lado, de certa forma chegou ao fim e isso é um sinal muito bom...

Isso se chama coragem para querer mudar. Mas sei que ainda há outros monstros e pesadelos a serem enfrentados... Você costuma me dizer que se não fosse pela força que tanto lhe dou não teria resistido tanta pressão, mas na verdade essa força toda ela vem mesmo é de você.

As minhas palavras ás vezes sem sentindo talvez, pode tê-lo ajudado ou pode ser que ainda o ajude, mas se você não sofresse não estaria aprendendo com tanta dor que ainda tem passado.

Palavras de apoio são boas de receber, mas se não lutasse, senão se esforçasses em crescer, com certeza as minhas palavras ou de qualquer outra pessoa não teriam o menor valor.
Vivemos todos os dias novas experiências aprendendo principalmente com a dor, pois somente assim é que criamos mais coragem para mudar a nossa vida para melhor. Foi bom conhecê-lo. É bom fazer parte de sua vida mesmo à distância. Bom de verdade!

Com sua vida tenho aprendido uma porção de coisas. O destino nos aproximou, fez uma simples amizade se enraizar e o meu coração em tão pouco tempo, aprendeu a amá-lo intensamente e ele é tão verdadeiro tanto quanto a minha existência.

Se fosse algo passageiro, um sonho, uma ilusão com certeza já teria passado, mas já passou um ano e o meu sentimento é tão forte como há de um ano atrás.

Mas o que há de mais bonito e saudável é a nossa amizade. Sei que ás vezes minhas palavras te feriram ou ás vezes te ferem, mas... Acredite, nunca falei ou falo com má intenção, mas sempre por puro amor e por querer seu bem, por querer te ver feliz, mesmo as tuas duras palavras de atenção para comigo sei que também sempre foram com a mesma intenção, e nada do que já me falou não guardei qualquer tipo de ressentimento.

Não se deixe dominar por palavras vis que ouvires seja de quem for. Rezo todos os dias por você para que teu anjo guardião te cubra de proteção contra qualquer mal que venha lhe abater.

Haja o que houver não deixarei de lhe estender as mãos. Desejo ter sua amizade sempre, pois não existe perder ou ganhar, seja no amor ou na amizade.

Felizmente temos o livre-arbítrio para escolhermos os nossos caminhos e destinos. Então... Que conservemos o que ainda há de mais verdadeiro entre nós...

Amor... E a verdadeira Amizade... E se um dia houver separação que saibamos nos conformar e acreditar, que o tempo que juntos tivemos aqui, foi o tempo necessário que poderão prosseguir quem sabe, em outras esferas. Amo você.


15/08/2005

POESIAS

Ligação de alerta.



- Alô. Tudo bem?
- Sou amante do seu marido.
- Não fique surpresa e nem pense que é brincadeira...

- Apesar de nunca tê-lo visto pessoalmente
e nem tocá-lo sou muito íntima.

- Eu sou a mulher que escuta os lamentos
e frustrações, sou eu que me preocupo em
mandar poemas para que ele se sinta feliz.

- Eu amo seu marido... Por isso eu liguei para você.
- Sabe por que estou dizendo isto a você?

- Porque você o abandonou quando ele precisava
mais de você.

- Detesto saber que ainda chora e senti esse abandono.
- Não fique preocupada, pois ele não a traiu.

- Sabe por que tenho certeza?
- Eu sei, porque sou eu quem o acompanha
por toda madrugada, gostamos de falar de
coisas boas; contamos piadas; falamos de música;
teatro; cinema; sorrimos e quando é preciso;
choramos juntos.

- Mas minha intenção não é te chatear intenção
é para te pedir que seja mais paciente com este
homem maravilhoso que eu amo e que supostamente
você deve pelo menos gostar nem que seja um pouco.

- Sei que muitas vezes chegou tarde, em
casa nos finais de semana, sempre inventando
alguma coisa.

-Não estou lhe fazendo de réu, só estou
preocupada com a felicidade daquele que
faz nosso coração bater descompassado...
- Ou Será Que o Seu Parou?

- Não fique preocupado, seu marido
é meu namorado virtual.

- Sou apenas uma amiga mais
íntima que ele pode ter.

- Sem ter o risco de traí-la, pois
apenas devido o tempo com ele.

- O Tempo Que Devia Ser Teu
e Que Você Joga Fora!

- Talvez eu possa entender você, também o entendo.
- Portanto, peço a você que não faça o homem dos meus
sonhos não chorar e nem sofrer.

- Peço que dialogue mais, que seja mais sensível,
que agrida menos que tente descobrir o menino
escondido atrás desse homem.

- Olhe nos olhos dele e diga que não tem raiva dele,
dedique a ele mais tempo, ria com suas piadas,
ouça suas novidades, compartilhe de seus problemas.

- São poucas coisas, mas fará uma diferença enorme.
- Se não puder tratá-lo com amor, trate-o com respeito,
talvez eu o perca para você.

- Mas ficarei feliz por saber que
o homem que eu amo está feliz.



Participação especial de D@nizinha
28/05/2005

Foi você que escolhi para amar




Foi na tua amizade que encontrei o verdadeiro carinho.
Fui feliz por tanto tempo, quanto ri, quanto chorei.
Só porque eu te amei.

De tão presente que esteve em minha vida e
de tão vulnerável e carente que este meu
coração se encontrava se entregou.
Então te amei.

Senti sua tristeza, dividiu sua dor comigo.
Suas amarguras foram minhas também.
Só porque te amei.

Quantas vezes fingi-me de forte para te Fortalecer.
Quanto embravecida fiquei, quanto carinho a você dediquei.
Só porque te amei.

Quantas vezes tombastes, quantas vezes
entregastes ao desanimo.
Quantas vezes você sentiu suas esperanças findarem.
Doei-me de coração para não te ver desistir.

Quantas mensagens de
esperanças foram enviadas.
Só porque te amei.

Quantos cartões alegres e festivos
enviados apenas para te ver sorrir.

Quantas músicas foram enviadas para
que visse que a vida por mais dura que
possa ser que ela ainda é bela.
E isso tudo foi porque te amei.

Quanto torci por seu sucesso profissional e quantas
vezes eu quis fazer parte desse mesmo sucesso contigo.
Só porque te amei.

Quanto sonho me contou e quanto incentivo lhe
dei para que não desistisse de nenhum deles.

As trocas de cartões de aniversário, assim como
os cartões comemorando nossa amizade forte e
duradoura como tantas vezes dizia os cartões de
Natal virtual para que o seu dia ficasse mais bonito.
E tudo porque te amei.

Quantas vezes nos meus sonhos
caminhou ao meu lado pela praia.
Quantos bate-papos pela Internet e as
boas noites carinhosas que destes e que hoje
estão guardados em meu arquivo.
E tudo era carinho.

Quanta troca de fotos fez, onde hoje, as suas são
o descanso da tela do meu computador e que ainda
traz repouso ao meu olhar e a minha alma.
E tudo porque te amei.

E hoje você já não está mais.
Não me responde quando te chamo.

Bloqueou-me?
‘Deletou-me’ de sua vida?
Esqueceu-me?

E a nossa amizade onde ficou?
Por que me fazes chorar?
Não tenho culpa por te amar.

Mesmo que tenha me bloqueado,
‘deletado’, esquecido...

Mesmo que eu tenha me decepcionado,
mesmo que esse amor tenha sido virtual,
platônico, mesmo que não queira esse amor
que importância tem?
Se ele existe!

Amar sem ser amado não é humilhante.
Humilhante é não saber amar.
O amor não é tristeza é alegria.

O amor não é agonia é saudade.
O amor não é desprezo é carinho.
O amor não é maldade ele é só bondade.

Amor é simplesmente amor.
Esse mesmo amor que existiu,
existe e existira sempre.

Não importa de que forma seja...
Porque foi você que eu escolhi para amar.

16/06/2005

Não consigo deixar de te amar



Não vou para de sonhar nem tão pouco apagar
as lembranças que em mim está, pois não
consigo deixar de te amar.

Não vou me afastar, nem fingir te esquecer,
pois não consigo deixar de você.

O meu sentimento, meu pensamento
sempre em você nele está e, isso tudo é
porque não consigo deixar de te amar.

Tento esquecer, e as portas desse
meu coração eu vou fechar para que
nele você não possa entrar, mesmo
não conseguido deixar de te amar

Se longe de mim está, sonho sempre
em te beijar e te abraçar, já nem mais
me importo se não vejo o brilho do
seu olhar, pois é difícil deixar de te amar.

Sei agora que nada em mim se
apagará, mesmo que meu pranto
venha rolar, pode o tempo passar,
pois hoje eu sei que não conseguirei
deixar de te amar.


03/09/2006

Para Meu Amigo



Meu amigo é como o canário
quando canta ao nascer do dia.
Meu amigo quando sorri é como
o botão de flor ao desabrochar.

Ao seu lado sinto-me crianças
a brincar sem tempo e sem ter
hora para casa voltar.

Com ele como pipoca na praça,
damos grandes gargalhadas sem
me importar com que outros
vão de pensar.

Tudo é puro prazer.
A vida é mais feliz,
pois não desaprendemos
de nos sentir feliz.

Meu amigo tem o bem que
Deus me ofertou.
Com ele os Anjos existem
sem ao menos poder vê-los.

Em casa eu troco os sapatos
pelos chinelos sem ele me censurar.
Sonho as maiores tolices que
minha imaginação pode me dar.

Sua presença...
É sempre manhã de festa
e o brilho do seu olhar é como
das estrelas lá do céu toda
terra a iluminar.

O amor em sua vida
sempre presente está,
os lugares que visitamos
a alegria sempre exalam no ar
levando dentro dos olhos,
os olhos da eterna paz.

Minha alma se delícia no toque
suave das suas mãos batendo
no coração.

Meu amigo é o afago sem azáfama,
é o brinquedo que eu mais amava
é o acalanto que o silêncio canta
é o passeio no jardim em flor.


Meu amigo diz que a sensualidade
é o perfume que vem da alma e,
que a atração que nos envolve
pulsa fortemente no coração.

Quando rimos Anjos e Fadas
conosco sempre estão.
Transformamo-nos em
eternas crianças, trazendo
a pureza, o encanto e a magia
que esta dentro do coração.

11/12/2006

Valorize-me



Ame-me ou deixa-me.
Ser para você, o que você somente
vê para te fazer feliz... Não!

Você terá momentos de recordações,
e lamentará o tempo que perdeu.

Meu coração é branco
como a constante lua.

Eu somente sussurrarei novamente palavras de
amor ao seu ouvido e quando novamente abraçar-me
dai então, verei o quanto sou cara a você e eu não o
deixarei mais só.


10/12/2007

Todos os Beijos




Beijos de mamãe,
beijos do paizinho
beijos de irmão,
beijos do filhinho todas elas na
bochecha dadas com carinho.

Beijos frios,
beijos fingindo
beijos forçados,
beijo de inimigos.

Beijos indiferentes,
beijos de mágoas
ficando todas elas, no fundo do peito,
registradas.

Beijos de obrigado,
beijos sempre valorizados,
beijos de tirar o fôlego,
beijos no hotel,
beijos na praia, todas elas são
atraentes para aquela que é beijada.

Beijos ardentes,
beijos super desejados,
beijos de língua,
beijos molhados onde todos os
segredos jamais serão contados.

Beijos provocados,
beijos sensuais,
beijos apaixonados,
beijo de quero mais,
beijos que guardaram
histórias que não esquece mais.

Beijos de selinho,
beijos disputado,
beijos de minutinhos,
beijos de segundos a mais,
são somente beijos e nada mais.

Beijos na chegada,
beijos na partida,
beijos com lágrimas,
beijos de alegria todas elas
são guardadas para não serem
esquecidas.

E finalmente o meu beijo...
Beijos com amor,
beijos com o coração,
beijo com carinho fraternalmente
todos os meus irmãos.

08/04/2008

Como se resume uma Amizade



O amor e a amizade sempre estão irmanados.
Amizade é simplesmente... "Amar".

Fazer novas amizades é fácil.
Mantê-las, cultivá-las, acariciá-las no
dia a dia é que é muito difícil.

Isso é o que devemos fazer dia após dia.
Enobrecer os amigos, mostrando o
quanto, gostamos deles!

Lembrarmos que não somos infalíveis.
E que nossos amigos também estão
sujeitos a erros.

E é nessa hora que precisamos perdoar
e sermos perdoados, compreender
e sermos compreendidos.
Essa é a verdadeira amizade!

20/07/2005

Quebra de promessa


Quando te olho, estes seus olhos pedem
os meus braços, braços que por muito
tempo prendeu você junto a mim.

Você deu-me uma promessa e a quebrou.
Fiz dos doces momentos lindas noites e,
antes de cada partida prendia até o último
minuto sua mão em meu coração.

Vivemos sonhos, vivemos desafios!
Agora, sozinha, eu digo adeus à noite
ficando apenas na recordação de um
amor que um dia pensei que existiu.

06/04/2008



Poema da dor



Tudo que eu queria era ter você.
Um ser que me embriagou, perfumou
que me entorpeceu com seus encantos.

Você foi o meu sol, minha lua, foi o meu mar,
o mistério, a estrela que fazia minhas noites brilhar.

Foi meu riso, minha alegria e também minhas lágrimas.
Com você fui criança, fui jovem, me senti mais mulher.

Eu fui à exaltação, e você o silêncio.
Você era pássaro que voava em meu
jardim a me visitar, uma hora presente
e outra hora ausente.

Tantas vezes sonhei em estar em
seus braços, sentir os teus lábios,
degustar o seu doce hálito.

Olhar em seus olhos e afagar as suas mãos.
Não lia poesias, nem poemas, nem crônicas,
mas sei que gostava de ler quando lhe dirigia
doces palavras.

Você deixou doces lembranças de momentos
de êxtase, ardor e prazer.

Deixou palavras que acalentaram
o meu coração.

Ah! Alma que achei que podia ser minha.
Se esse amor acontecesse quem poderia
dizer ser ele é falso ou enganador?

Quisera eu que alguém pudesse
entender esse sentimento tão profundo.

Na juventude, eu me encantava, me
envolvia com que era somente externo.

Hoje mais madura somente quis estar
envolvida há uma aura de beleza interna.

Mas nem tudo é como gente quer.
Na vida tudo muda, muda-se às vontades,
mudam-se os tempos, mudam-se pensamentos
e desejos... Muda-se o próprio ser.

E de tudo que muda,
só não muda o amor.

Qual de nós dois mais errou?
Você despertou o sentimento que
tantas vezes me incendiou.

Eu te esperei, te esperei, mas o encontro jamais
concretizou, e o mais belo sentimento que tantas
vezes o meu coração acalentou e desejou
hoje tudo se findou.

Ficou o orgulho, a raiva, o que
de bom entre nós restou?

Não restou chance, perdão, reconciliação
tudo entre nós silenciou deixando dentro
do peito a tristeza, nos olhos as lágrimas
e no coração a dor.

17/01/2009

O amor que eu encontrei



Um dia eu me encontrei o amor.
Uma pessoa perfeita para amar
agora somos, um.

Você mostrou-me que tudo que eu
devia saber sobre o amor.

O tempo não passou e todos esses anos
temos compartilhado tudo.

E hoje eu comemoro com você
mesmo quando me faltar eu quero
tê-lo até na eternidade.

Soletrarei seu nome para estrelas e
o prenderei em meu coração para
tê-lo em meus sonhos.

Seremos dois corações e
uma só alma, para sempre.

06/04/2008

Amigo... Jóia Preciosa.



Amigo...
Jóia preciosa é a alma já
escolhida e reservada para nós.

Sem conhecermos, sem esperarmos,
ele estende suas mãos, ofertando de
si o que tem de melhor.

Amigo é a jóia preciosa que Deus nos
presenteou para nos auxiliar, clarear
nossa mente para que possamos a
aprender a sermos mais conscientes.

Amigo é a canção é a poesia
quando a tristeza insiste ficar.

Amigo é a luz no nosso caminhar
quando a escuridão parece não
dissipar.

Amigo é o braço forte que nas
horas de crises nos faz levantar.

Dividi nosso pranto, festeja as nossas
grandes e pequenas vitórias não nos
deixando desanimar.

Amigo é aquele que mesmo de longe
compartilham pequenos momentos
de sentimentos.

È aquele que não apaga a nossa
imagem dos seus pensamentos.

Amigo é aquele que nos traz esperança,
quando achamos que já não há mais.

Amigo é aquele que sabe que a distância
não existe, e que mesmo estando distante
nenhum mortal o separa.

Amigo...
Seja real ou virtual é o que doa um minuto
apenas do seu tempo de carinho para
receber-nos, nos visitar, seja fisicamente
ou virtualmente.

Amigo...
Jóia preciosa são almas
já escolhidas e reservadas.

Que estão interligadas pelo o
espírito, pela mente e coração.

Está divido entre o espaço e o tempo.
Tem o perfume das flores.

Tem o alicerce forte que o amor
maior de Deus o Edificou.

04/03/2006


Amores verdadeiros



O amor é viver, muito
momentos de esplendor.
É ele que amanhece em
dia ensolarado de primavera.

O amor é maneira natural que dá
razão ao viver, é a coroa dourada
que torna um homem em rei.

È em um monte elevado e ventoso,
que os amantes se beijam e sentem
seus corações tocarem os céus.

Amores verdadeiros
são esplendorosos!



29/10/2007

Têm pessoas que são anjos



Têm pessoas que são realmente
maravilhosas, e nos surpreende cada dia.

Têm pessoas que é encanto e amor.
Têm pessoas que nos enche de
calor e carinho.

Têm pessoas que são
verdadeiros presentes,
são anjos.

Têm pessoas que não vimos, não tocamos,
não abraçamos, mas sentimos o calor do
abraço da verdadeira amizade e do carinho.

Têm pessoas que preenchem
nossos vazios da alma com alegria.

Têm pessoas que mesmo elas
estando com astral em baixa nos
traz ânimo e inspiração.

Têm pessoas que com poucas
palavra nos entende e nos atende.

Têm pessoas pequenas que são
grandes de alma, outras que são os
dois ao mesmo tempo.

Quem disse que não se pode
cativar um amigo desconhecido?

Quem disse que não podemos
amar o desconhecido?

Quem disse é impossível
amar o que não se vê?

São pequenas as coisas,
os pequenos gestos, que toca
profundamente o nosso interior.

É assim que conhecemos
a grandeza de uma alma e
de um grande coração.



16/10/2005


Vontade Louca De Ter Você



Vontade louca de ter você.
Tenho saudades dos nossos momentos virtuais,
das nossas fantasias, das nossas carícias imaginárias
que hoje já tenho mais.

Dos nossos abraços e beijos telepáticos do seu
cheiro que a brisa trazia,das nossas noites
fenomenais.

Saudades eu tenho, de cada pedacinho do
seu corpo e do seu sexo a me desejar.
Do seu jeito manhoso e pensativo quando
ficava a me olhar.

Quantas saudades eu tenho de ouvir
de querer outra vez você de dizer
eu quero muito sentir você ,eu quero
em sua cama deitar.

Tenho matado as minhas lembranças
na releitura dos nossos diálogos cheios
de desejos.

Dos instantes, em qualquer lugar, a cada
Segundo, o seu, o meu, corpo deleitando
no anseio de querer junto os nossos
corpos estar.

Tenho a vontade louca de estar ao seu lado
sentindo você por inteiro, acordando-te com beijos,
amando-te e deliciando a sua manhã.

Com calma, sem ansiar, pacientemente,
silenciosamente, sem apressar, eu te espero,
para que um dia você deixe o virtual e no real
venha por inteiro e cheio desejo esse meu corpo saciar.


30/01/2009

Só o tempo pode dizer...



Quem pode dizer aonde vai
a estrada, para onde vão os dias?

Quem pode dizer se o seu amor
crescerá conforme seu coração quiser?
Só o tempo

Quem pode dizer por que seu
coração suspira conforme seu
coração flutua?

Quem pode dizer por que seu coração chora
quando seu amor morre? Só o tempo

Quem pode dizer quando os caminhos
cruzam-se e que o amor deve estar em
seu coração? Só o tempo

Quem pode dizer quando o dia termina
se a noite guarda todo o seu coração?
Quem sabe? Só o tempo pode dizer...


25/10/2008

AMIZADE É



Amizade não é receber, é dar.
Não é menosprezar e, é incentivar.
Não é descrer, é crer.

Não é criticar, é apoiar.
Não é ofender, é compreender.
Não é humilhar, é exaltar.

Não é julgar, é defender.
Não é esquecer, é lembrar.
Amizade é simplesmente...
"Amar".

Fazer novas amizades é fácil...
Mantê-las, cultivá-las,
acariciá-las no dia a dia
é que é muito difícil.

Isso é o que devemos
fazer dia após dia.

Enobrecer os amigos,
mostrando o quanto
gostamos deles!

Não somos infalíveis.
E nossos amigos também estão
sujeitos a erros.

E é nessa hora que precisamos
perdoar e sermos perdoados,
compreender e sermos
compreendidos.
Essa é a verdadeira amizade!


03/09/2005

Perdoe-me por te amar...



Perdoe-me por te amar
Perdoe-me amor, alma
da minha alma por eu não
ser a sua tão sonhada mulher.

Perdoe-me por eu tão pouco
compreender sua dor, cobrar,
pré-julgar e criticá-lo em meus
pensamentos.

Perdoa-me por amá-lo sem
tocar e sem meu ombro te ofertar.
Perdoa-me por todos meus ciúmes
e fraquezas.

Perdoe-me se não posso estar aí ao seu lado,
por pensar egoisticamente somente em mim.
Perdoe-me por esse amor tão grande, por
querer-te e por não conseguir esquecer-te.


10/12/2005

Tenho Síndrome de Dow, mas não doente.



Fiquei por nove meses a
espera de chegar ao mundo.

Todos me aguardavam...
Meus pais pouco se importavam em
saber qual sexo seria, queria apenas
que eu fosse saudável.

E o momento tão esperado chegou.
Nasci silenciosa e diferente.

Tenho Síndrome de Dow,
mas não sou doente.

Minhas capacidades são mais
lentas, mas não sou doente.

Posso ir à escola e andar
iguais outras crianças, posso
correr dançar, escrever.

Tenho Síndrome de Dow,
mas não sou doente.

Posso derrubar os obstáculos que houver a minha
frente, mas se eu não tiver apoio, amor carinho e
paciência eu não chegarei a lugar algum.

Afinal, quem chega a algum lugar
ou pode ter um destino bom e feliz
sem essas coisas?

Tenho Síndrome de Dow,
mas não sou doente.

Tenho alegrias, decepções, tristezas como você,
mas a diferença entre mim e você é que eu tenho
mais amor, mais carinho, menos maldade, não
vejo os homens com a mesma indiferença com
que você me vê.

Tenho Síndrome de Dow,
mas não sou doente.

Não tenho orgulho e não me
envergonho de aceitar ajuda.

Sou apenas um pouco diferente,
penso de um jeito diverso.

Lido com as emoções de outra
forma eu não vejo as coisas do mesmo
modo do que você que se diz ser normal.

Sei que também às vezes reajo de maneira
imprevista e posso até surpreender.

Sou original sou criativo, preciso
apenas de incentivo e oportunidade
para que essas minhas características
apareçam.

Tenho Síndrome de Dow,
mas não sou doente.

Somente peço a Deus para que ninguém seja apático
comigo que eu não encontre o vazio na
minha morte e nem que me deixe partir antes
que eu tenha feito o bastante.

21/08/2006


Estarei sempre ao seu lado



Sei o que carrega no peito e na alma.
Sei que sofre as dores do corpo e que
sua alma está pesada pelos maltratos da
vida e que muito antes de nascer tu
escolheste para que ela fosse assim.

Sei quantos momentos de alegria teve,
conheço suas paixões arrebatadoras que
tantas vezes confundiste com amor.

Sei que este teu corpo passou por tantas aventuras,
que teve seu ego massageado e enaltecido.

Entendo que se sente só, rodeado de amigos.
Sei que chora muitas vezes sozinho sua dor.

Posso compreender perfeitamente sua carência de afeto,
de abraços, beijos e sexo, não para saciar apenas o corpo,
mas muito mais sua alma.

Compreendo sua busca incansável de paz e alegria.
Sei que chora porque anseia por um amor verdadeiro,
quando tem um, e que mesmo distante, está sempre
próximo de ti.

Posso entender que sente falta da mulher que te
acalentou ao nascer, mas sua dor não deixa perceber
o quanto sofrimento tem ela sentido e quantas lágrimas
rolam por seu rosto assistindo sua tristeza sem nada
poder fazer.

Sei que sofreu muito por não ter confiado naquela que te
é mais leal, mas o amor venceu e ela já esqueceu e agora
sua tristeza, também é dela.

Sei que teve tantos desconhecidos
que vieram em teu auxílio.

Entendo toda a sua dor...
A dor pelo descaso, a dor da inveja, a
dor do ódio, a dor da indiferença,
da humilhação, da falta de amor em ti.

Judia do teu corpo, e esquece
que enquanto estiver vivo será
capaz de encontrar uma solução
para seus problemas.

Abra os seus ouvidos para boas sugestões,
abras os teus olhos para não cair em
armadilhas mais perigosas, fique atento
para não ser pego de surpresa, siga teu coração.

Sei que o seu coração é imenso e por ser, quer
carregar dentro dele muitos que não merecem.

Não quero que seja duro e nem cruel,
mas peço-te que apenas escolha e selecione
aqueles são verdadeiros para ti, verdadeiros
e fiéis amigos, verdadeiros e fiéis amores para
que não sofra como vem sofrendo.

Seja forte nunca estará só,
pois Deus estará sempre
ao seu lado.

15/05/2005

MENSAGENS

Se expresse...



Se a pessoa com quem você interage está zangada com alguma situação
Por que não tente auxiliá-la?
Quem sabe essa pessoa te reconheça como amigo...

Se está apaixonado por alguém e a pessoa não sabe, diga a ela.
Talvez a mesma declare que também esteja apaixonada por você.

Se amar alguém e acha que já foi esquecido...
Expresse o seu amor.
Talvez seja esse gesto que falta...

Se você precisa do abraço de um amigo... Peça
Pode ser que ele precise ouvir esse pedido de você...

Se você realmente tem amigos, aos quais aprecia...
Declare isso a eles...

Se expresse...
É nos momentos que se encontram
a oportunidades, pois amanhã...
Só Deus é quem sabe.

09/01/2011


Será Possível?



Será possível?
"Tudo é possível"
(Lucas 18:27)

E se eu me cansar?"
Eu te darei o repouso"
(Mateus 11:28-30)

Quem me ama?
"Eu te amo"
(João 3:16 & João 13:34)

Terei condições?“
Minha graça é suficiente”
(II. Corintos 12:9)

Que saída eu tenho?
"Eu guiarei teus passos"
(Provérbios 3:5-6)

Será que posso fazer?
"Você pode fazer tudo"
(Filipenses 4:13)

Como me livrarei da angustia?
"Eu te livrarei da angustia"
(Salmos 90:15)

Será que valerá a pena?"
Tudo vale à pena"
(Romanos 8:28)

Quem me perdoará?
"Eu te perdôo"
(I Epistola de São João 1:9 & Romanos 8:1)

Será que conseguirei?"
Eu suprirei todas as suas necessidades"
(Filipenses 4:19)

Por que tenho medo?"
Eu não te dei um espírito de medo"
(II. Timóteo 1:7)

Por que tudo me frustra e preocupa?
"Confiai-me todas as suas preocupações"
(I Pedro 5:7)

Como mostrarei o meu talento?
"Eu te dou sabedoria"
(I Corintos 1:30)

Por que tenho pouca fé?
"Eu dei a cada um, uma medida de fé"
(Romanos 12:3)

Estou só..."
Eu nunca te deixarei nem desampararei"
(Hebreus 13:5)

Quem me responde?
“Eu sou aquele que esteve contigo na sua chegada e
que estará contigo na tua partida”.


12/01/2011